WikiLeaks e a Guerra do Afeganistão

Apresentação de Alan McLean, do NYT, em 2010. Você pode ter suas restrições ao WikiLeaks, mas é inegável a importância dessa organização para o jornalismo de dados. Ao divulgar mais de 91 mil documentos sobre a Guerra do Afeganistão, a organização criou um problema para os três veículos que tiveram acesso aos documentos: como organizar e apresentar essa enorme massa de informação para a audiência. A seguir, David Leigh explica como o Guardian procurou tornar o conteúdo interativo.

Via

Uma opinião sobre “WikiLeaks e a Guerra do Afeganistão

  1. Pingback: Doc: Jornalismo na Era dos dados | Jornalismo de dados

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s