Fortaleza tem alta de 30% no número de homicídios nos primeiros 4 meses de 2013

A SSPDS demorou tanto tempo para divulgar os dados de Março (14/5) que aproveitou e divulgou também os de Abril. O número de vítimas de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) em Fortaleza cresceu 30% no primeiro quadrimestre de 2013 em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os números divulgados nesta quarta-feira (15), foram 662 mortos este ano ante 507 nos quatro primeiros meses de 2012. No gráfico, uma comparação dos bairros com mais vítimas em 2012 e 2013. No ano passado não ocorreu homicídios em 23 bairros. Este ano o número caiu para 22. O Conjunto Palmeiras, que era vice-líder em 2012 (18 vítimas), caiu para a 52ª colocação (5 vítimas). O Pici, por sua vez, triplicou o número de homicídios e saltou 30º posição (7 mortos) para o quarto lugar (21).

Homicídios dolosos no 1º quadrimestre

No mês de Abril o número de homicídios aumentou 11%, saindo de 120, em 2012, para 134 este ano. Os dois primeiros lugares de 2012 diminuíram o número de vítimas. Em 2013 morreu uma pessoas a menos do que no ano passado na Barra do Ceará. E no Conjunto Palmeiras, que registrou 7 homicídios em 2012, o número caiu para 2.

Homicídios em Abril

Todas as Regionais registraram aumento no número de homicídios no acumulado dos quatro primeiros meses de 2013. 12 pessoas morreram no Centro este ano, o dobro do número de vítimas no mesmo período do ano passado.

Homicídios no 1º quadrimestre nas Regionais

Em Abril, todavia, duas Regionais registraram queda no número de homicídios: a Regional IV e a Regional III.

Homicídios em Abril nas Regionais

Número de homicídios cresce 90% em Fortaleza

O número de vítimas de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) em Fortaleza cresceu 90% em Março de 2013 em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os dados divulgados nesta nesta terça-feira (14/5) pela SSPDS, foram 223 mortos este ano ante 117 em Março de 2012. Fortaleza fechou o primeiro trimestre de 2013 com aumento de 36% no número de assassinatos em relação ao mesmo período do ano passado. No gráfico, uma comparação dos bairros com mais vítimas em 2012 e 2013. No ano passado não ocorreu homicídios em 28 bairros. Este ano o número caiu para 23.

Homicídios dolosos no 1º trimestre

Quando comparamos os homicídios ocorridos apenas em Março, impressiona os números do Pici. Em 2012 teve um assassinato no local. Em 2013 foram 12.

Homicídios dolosos em Março

Em Março o Centro conseguiu um feito: diminuiu o número de vítimas. A Regional II, todavia, triplicou o número de assassinatos.

Assassinatos em Março

Se em Março o Centro teve uma redução, no acumulado do trimestre o local duplicou o número de vítimas. A Regional III também sofreu um acréscimo superior a 100%.

Homicídios no 1º trimestre nas Regionais

Roubo de veículos cresce 41,6% no 1º bimestre de 2013 em Fortaleza

O roubo de veículos em Fortaleza em janeiro e fevereiro de 2013 é 41,6% superior em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os dados divulgados na quarta-feira (27) pela SSPDS, foram 986 ocorrências este ano ante 696 nos dois primeiros meses de 2012. O furto de veículos também cresceu, de 408 para 444. A SSPDS “inclui todos os tipos de veículos motorizados, tais como: automóvel, motocicleta, caminhão, caminhonete, motoneta, entre outros.”

Roubo e furto de veículos

O Centro foi o bairro com mais furtos em 2013 e em 2012, seguido pela Parquelândia. Este ano 43 bairros não tiveram nenhum veículo furtado, enquanto ano passado foram 41. Clique na imagem para visualizar a lista completa.

Furto de veículos

35 veículos foram roubados em localidades não identificadas este ano ante 10 em 2012. 13 bairros não tiveram nenhuma ocorrências de roubo em janeiro e fevereiro de 2013, enquanto ano passado foram 18.

Roubo de veículos

Quando somamos as ocorrências de furto e de roubo, o Centro é o bairro com mais veículos levados. Destaque também para o segundo lugar em 2013: bairro não identificado. Este ano 12 localidades não tiveram nenhuma ocorrência, enquanto ano passado foram 15.

Furto e roubo

A seguir dois gráficos de dispersão. O primeiro relaciona as ocorrências de furto e de roubo de veículos no 1º bimestre de 2013 com a renda per capita de cada bairro de Fortaleza. O segundo, por sua vez, utiliza os homicídios em janeiro e fevereiro deste ano e os casos de roubo de veículos no mesmo período.

Gráficos de dispersão

Os furtos e roubos de veículos foram bem democráticos nos dois primeiros meses de 2013. Nenhuma Regional teve mais de 20% das ocorrências (veja o mapa os limites de cada Regional).

Furto e roubo nas Regionais

Total de vítimas de homicídio sobe 12,9% no 1º bimestre em Fortaleza

O número de vítimas de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) em Fortaleza cresceu 12,9% no primeiro bimestre de 2013 em comparação com ao mesmo período do ano passado. De acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira (27) pela SSPDS, foram 305 mortos este ano ante 270 nos dois primeiros meses de 2012. No gráfico abaixo, uma comparação dos bairros com mais vítimas em 2012 e 2013. Barra do Ceará e Bom Jardim seguem, respectivamente, em primeiro e segundo lugar.

Comparação dos bairros com mais vítimas em 2012 e 2013.

As Regionais V e VI concentraram 44,9% dos homicídios dolosos da cidade neste 1º bimestre. Apenas a Regional VI registrou queda em comparação com o mesmo período do ano passado. O número de vítimas no Centro – não pertence a nenhuma Regional – mais do que triplicou. Para visualizar melhor, veja o mapa os limites de cada Regional.

Mortes por Regional