Morte ao Jornalismo de Dados, vida longa ao Jornalismo

Muito boa a frase final do Ezra Klein no vídeo promocional do lançamento do Google News Lab:

Saberemos que fizemos um bom trabalho quando as pessoas deixarem de usar este termo. Quando o Jornalismo de Dados for tão constante que será chamado apenas Jornalismo, como sempre foi e como sempre deve ser.

Vai na linha do que David Leonhardt diz no seu artigo Death to ‘Data Journalism’:

Data journalism, ultimately, has the same aim as ‘quote journalism’ and ‘anecdote journalism.’ They all aspire to be ‘fact journalism’ or, more eloquently, journalism.

Nada de novo, mas certas coisas é sempre bom recordar.

Ainda sobre Google e dados: o Google Trends foi recentemente reformulado e agora permite coletar dados em tempo real. Aguardo a versão repaginada do Fusion Tables para aposentar Tableau, Datawrapper e afins.

EJC abre inscrições para curso gratuito sobre jornalismo de dados

Depois do Knight Center, agora é a vez do Centro Europeu de Jornalismo abrir inscrições para um curso sobre jornalismo de dados: Doing Journalism with Data: First Steps, Skills and Tools. Gratuito, o curso terá 5 módulos e começa em 2014. Simon Rogers, Paul Bradshaw, Nicolas Kayser-Bril, Steve Doig e Alberto Cairo serão os instrutores.

Editor multimídia do NYT ministra curso online sobre motion graphics

Graham Roberts, editor multimídia e de gráficos do NYT, vai ministrar um curso online sobre motion graphics. Representando o NYT no último Malofiej (o ‘Oscar’ da infografia), Roberts saiu do evento com sete ouros, um terço do total. A seguir um dos trabalhos premiados.

Knight Center oferece curso gratuito sobre jornalismo de dados

O Knight Center abriu inscrições para um curso sobre jornalismo de dados. Gratuito, o curso terá seis semanas de duração e será ministrado em espanhol pela jornalista Sandra Crucianelli, que esteve no congresso da ABRAJI de 2012 falando sobre o assunto.

No fim do ano passado, também pelo Knight Center, fiz o curso Introdução à Infografia e à Visualização de Dados, com Alberto Cairo. O material disponibilizado era excelente (muitos vídeos e textos) e os debates nos fóruns intermináveis, mas sempre enriquecedores. Se este curso seguir na mesma linha será imperdível. No blog da Crucianelli há uma série de vídeos sobre jornalismo de dados. Segue o primeiro:

75 contas para seguir no Twitter

O jornalista americano Kevin Schaul reuniu em uma lista dezenas de profissionais que trabalham com Jornalismo de dados. Pena que só tenha um ou dois jornalistas fora do eixo EUA-UK.

Fazendo uma rápida busca lembrei de alguns nomes da América Latina que vale a pena seguir também: Sandra Crucianelli, José Roberto Toledo, Fabiano Angélico, Ricardo Poppi, Marcelo SoaresGustavo Faleiros, Miguel Paz, Pedro MarkunRicardo Mendonça e Maurício Maia. Sei que tem muito mais gente, porém só recordei desses nomes.